Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O sexo e a informatica

por samokal, em 29.02.08

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:41

Barriga chata

por samokal, em 27.02.08

Joãozinho entra no quarto e encontra a mãe fazendo a tal posição sexual, 
'cavalgando' no seu pai. 
Joãozinho surpreso, sai a correr. 
A mãe assustada sai da cama, veste-se e vai atrás do Joãozinho, preocupada 
com o que o garoto tinha visto.  
Joãozinho então pergunta à mãe: 
- Que e que a senhora e o papá estavam a fazer? 
Surpresa, a mãe logo pensa numa desculpa: 
- Ora, disse ela, o teu pai tem uma barrigona e eu estava a tentar achatá-la.  
- A senhora está a perder o seu tempo, disse o garoto. 
- Porquê? - perguntou a mãe intrigada. 
- Sempre que a senhora vai ao shopping, a vizinha vem aqui, ajoelha-se, e  
sopra tudo outra vez!...
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:49

Solução para o aumento do preço do tabaco

por samokal, em 27.02.08

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:33

n0vas chuteiras do sporting

por samokal, em 20.02.08

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:35

Inspector da ASAE

por samokal, em 16.02.08

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:51

O parto

por samokal, em 13.02.08
Casamos novos. Ela com 19 e eu com 20 anos de idade.
Lua-de-mel, viagens, mobílias na casa alugada, prestações da casa própria e
o primeiro bebê.
Anos oitenta e a moda era ter uma filmadora do Paraguai. Sempre tinha um
vizinho ou amigo contrabandista disposto a trazer aquela muambazinha por  um
preço módico.
Ela tinha vergonha, mas eu desejava eternizar aquele momento. Invadi a sala
de parto com a câmera no ombro e chorei enquanto filmava o parto do meu
primeiro filho. Todo mundo que chegava lá em casa era obrigado a assistir ao
filme.
Perdi a conta das cópias que fiz do parto e distribuí entre amigos, parentes
e parentes dos amigos. Meu filho e minha esposa eram os meus orgulhos.
Três anos depois, novo parto, nova filmagem, nova crise de choro.
Como ela categoricamente disse que não queria que eu filmasse, invadi a sala
de parto mais uma vez com a câmera ao ombro . As pessoas que me conhecem
sabem que havia apenas amor de pai e marido naquele ato. O fato de fazer
diversas cópias da fita era apenas uma demonstração de meu orgulho.
Nada que se comparasse ao fato de ela, essa semana, invadir a sala do meu
urologista, câmera ao ombro, filmando o meu exame de próstata. Eu lá, com as
pernas naquelas malditas perneiras, o cara com um dedo (ele jura que era só
um!) quase na minha garganta e minha mulher gritando:

- Ah! Doutoor! Que maravilha! Vou fazer duas mil cópias dessa fita! Semana
que vem estou enviando uma para o senhor!

Meus olhos saindo da órbita a fuzilaram, mas a dor era tanta que não
conseguia falar. O miserável do médico girou o dedo e eu vi o teto a dois
centímetros do meu nariz. A mulher continuou a gritar, como um diretor de
cinema:

- Isso, doutor! Agora gire de novo, mais devagar. Vou dar um close agora...

Alcancei um sapato no chão e joguei na maldita.
Agora, estou escrevendo este e-mail, pedindo aos amigos que receberem uma
cópia do filme, que o enviem de volta para mim. Eu pago o reembolso.


(Luiz Fernando Veríssimo)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:32

anedota do dia

por samokal, em 12.02.08
Um alentejano queria livrar-se de um gato.
Levou-o até uma esquina distante e voltou para a casa.
Quando chegou à casa, o gato já lá estava.
Levou-o novamente, agora para mais longe.
No regresso, encontrou gato novamente em casa.
Fez isso mais umas três vezes e o gato voltava sempre para casa.
Furioso, pensou:"Vou lixar este gato!"
Pôs-lhe uma venda nos olhos, amarrou-o, meteu-o num saco opaco colocou-o na mala do carro.
Subiu à serra mais distante, entrou e saiu de diversas estradinhas.
Deu mil voltas.. e acabou por soltar o gato no meio do mato.
Passados dois dias, o alentejano liga para casa pelo telemóvel...
- Tá, Maria, o gato já chegou?
- Chegou ontem...
- Ainda bem, deixa-me falar com ele porque eu estou perdido.


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:02

recebi um premio

por samokal, em 05.02.08
Ganhei um Prémio, da miss crash. Muito obrigado, é uma honra. é o meu primeiro premio. 
 
 
Agora tenho de atribuí-lo a outros sete blogs(ordem alfabetica):
 
 
Baby-steps
Coisas sem importancia
Dois cliques
 
Divagante
 
Espaço da Raquel
 
Estrunfinices
 
Salpicos de luz 
 
As regras:
1-Este prémio deve ser atribuído aos blogs que considerem serem bons (entendem-se como bons os blogs que costuma visitar regularmente e onde deixa comentários).

2 - O Blog que recebe o "Diz que até não é um mau blog" deve escrever um post:
a) Indicando a pessoa que lhe deu o prémio com um link para o respectivo blog;
b) Mostrando tag do prémio e as regras;
c) Indicando outros 7 blogs para receberem o prémio.
3 - Deve exibir (orgulhosamente!) a tag do prémio no seu blog.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:12

eXTReMe Tracker


Mais sobre mim


Pesquisa

Pesquisar no Blog  


Arquivos

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D